O que a Bíblia realmente diz sobre prosperidade?

prosperidade na biblia

Prosperidade na Bíblia: um dos temas mais polêmicos e discutidos no meio cristão.

Quando falamos de prosperidade, cada um tem sua opinião. Mas qual é a opinião de Deus? Deus deseja que você prospere? É pecado ser rico? O que a Bíblia realmente diz sobre prosperidade?

Para responder a estas (e outras) perguntas, criei este artigo.

Então continue lendo e descubra a verdadeira visão bíblica sobre prosperidade.

O que significa prosperidade?

Antes de qualquer coisa, é preciso definir o significado de prosperidade na Bíblia.

No Hebraico, a palavra mais usada para descrever prosperidade é tsālēach. Que significa: ausência de necessidade, ter sucesso, bons resultados e abundância.

No Grego, uma palavra muito usada para descrever prosperidade é euodoo. Que significa: ter uma vida bem sucedida, ir por um caminho fácil e direto, garantir um bom resultado, fazer prosperar e ser bem sucedido.

Como podemos ver, nenhum destes significados são exclusivos à área financeira. Podemos ter uma vida espiritual próspera. Uma vida sentimental próspera. E também, uma vida financeira próspera.

Mas, como quero ser o mais direto possível, neste artigo vamos tratar exclusivamente de prosperidade financeira.

O que é prosperidade financeira?

Prosperidade financeira é não possuir necessidades financeiras, ter sucesso financeiro, possuir bons resultados financeiros ou ter abundância financeira.

Analise comigo: ter sucesso financeiro, bons resultados financeiros e abundância financeira, são coisas relativas, não são?

O que pode ser considerado um bom resultado financeiro para alguns, pode não ser para outros. Assim como o que é abundante para alguns, não é para outros.

Diante da relatividade destes fatos, irei definir da seguinte forma:

Prosperidade financeira é: ter situação financeira superior as necessidades financeiras.

Perceba que, partindo dessa afirmação, não é necessário ser bilionário para ser próspero financeiramente. Inclusive, existem pessoas “ricas” que não são prósperas financeiramente (pois possuem muitas necessidades financeiras não atendidas) e pessoas que ganham pouco que são prósperas.

Diante da existência das muitas prosperidades (financeira, espiritual, familiar….), a pergunta mais natural é:

A Bíblia fala sobre prosperidade financeira?

Para responder a esta pergunta, veja o seguinte versículo:

Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos.
Pois comerás do trabalho das tuas mãos, e será feliz e próspero.
Salmos 128:1,2

O contexto geral deste versículo fala sobre muitos tipos de prosperidade (incluíndo prosperidade conjugal e familiar). Mas não há como negar, aqui a Bíblia também retrata a prosperidade financeira: o homem que teme ao Senhor comerá o resultado do seu trabalho e será próspero.

Falando também sobre prosperidade financeira na Bíblia, encontramos o seguinte trecho do livro de Salmos:

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.

Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Salmos 1:1-3

Existem muitos trechos que se referem a prosperidade na Bíblia em termos financeiros. Deixei estes como exemplo pois muitos ainda acreditam que a prosperidade mencionada na Bíblia se trata apenas de prosperidade espiritual. Isso é mentira! A Bíblia fala (e muito) da prosperidade sentimental, familiar, conjugal e também financeira.

Para enfatizar este ponto, deixo mais um versículo:

Amado, peço a Deus que prosperes em tudo e tenhas saúde, assim como tua alma prospera.
3 João 1:2

Este versículo revela o interesse de prosperar em tudo. E tudo, obviamente, inclui a área financeira.

É pecado ser prospero financeiramente?

Jesus certa vez disse: é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus (Mateus 19:24).

Este texto (fora do contexto) passa a impressão que ricos não vão para o céu e que quem é próspero, já está condenado.

Todavia, é importante lembrar o contexto histórico vivido no texto. Nesta época, muitos atrelavam prosperidade material com salvação, de modo que: se você é fiel a Deus, você deveria ser rico, se não fosse, não era fiel a Deus.

Jesus dedicou muito para derrubar essa crença, e essa passagem é uma prova disso. Ele queria deixar claro que a prosperidade financeira (nem sempre) era sinal de prosperidade espiritual, conforme muitos judeus da época acreditavam.

Mas não há como negar: Jesus foi enfático ao dizer que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus.

Entretanto, veja o que Cristo disse nos próximos versículos do mesmo capítulo:

Os seus discípulos, ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se?
E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.
Mateus 19:25,26

Note que ao mesmo tempo que Jesus fala que é quase impossível para o rico entrar no reino dos céus, Ele também fala que para qualquer homem (rico ou pobre) é impossível adquirir a vida eterna. Entenda: a salvação é pela graça, e graça é favor imerecido (Romanos 6:23)!

Com isso, quero deixar claro: riqueza não é pecado! Inclusive muitos personagens bíblicos foram riquíssimos, como por exemplo: Abraão, Davi, Isaac, Jacó, Cornélio, José de Arimatéia, entre outros.

E mais: é o próprio Deus quem dá prosperidade ao homem, veja:

E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo.
1 Crônicas 29:12

Este versículo deixa bem claro que toda riqueza que qualquer homem possui, veio de Deus. É assim que a prosperidade na Bíblia é tratada.

Daí eu te pergunto: pode Deus dá algo pecaminoso ao homem? Claro que não!

Deus deseja que você seja prospero?

Deus quer que voce prospere

Esta é outra pergunta polêmica… Muitos dizem em alto e bom som: Deus quer que você prospere financeiramente! Já outros dizem: Deus não se importa em te prosperar financeiramente, ele deseja que você prospere espiritualmente!

E você, o que pensa: você acredita que Deus deseja que você seja próspero na área financeira? Sim ou não?

Analisando as Escrituras, eu cheguei a seguinte conclusão: Deus deseja a prosperidade de alguns dos seus servos, mas de outros não!

Casos onde Deus não deseja a prosperidade financeira

Veja o que está escrito em Mateus 18:8:

Sendo assim, se a tua mão ou o teu pé te fizerem cair em pecado, corta-os e lança-os fora de ti; pois melhor é entrares na vida, mutilado ou aleijado, do que, tendo as duas mãos ou os dois pés, seres atirado no fogo eterno.
Mateus 18:8

Você já sabe: o amor ao dinheiro é a raiz de toda sorte de males (1 Timóteo 6:10). Portanto, se você ama ao dinheiro, é melhor que não prospere financeiramente. Se uma boa conta bancária te levar a morte eterna, é melhor que você viva com limitações financeiras nessa vida e tenha uma eternidade de plena abundância ao lado de Cristo.

Quando o jovem rico perguntou a Jesus o que ele teria que fazer para conquistar a vida eterna, Cristo respondeu: vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me (Mateus 19:21).

Mas não foi isso que o Senhor disse a todos os ricos que encontrou. Jesus não disse para todos venderem suas posses e entregarem aos pobres.

Assim como é melhor perder um pé que te faz pecar e entrar na vida eterna, era melhor para este jovem perder o seu dinheiro (que o fazia pecar) e ganhar as inúmeras riquezas celestiais.

Agur fez uma oração marcante (Provérbios 30:7-9). Ele pediu que não recebesse nem pobreza nem riqueza. Pediu para receber apenas o necessário a fim de que não negue a Deus (caso tenha muito dinheiro) e não roube do próximo (em caso de pobreza).

Tudo isso me leva a crer que existem situações onde a prosperidade financeira pode não ser boa para você. E se não é boa para você, certamente não é o que Deus deseja.

Reflita sobre essas situações. Cristo nos alertou muito sobre o perigo das riquezas. Examine-se! Veja se você está vulnerável a tentação de Mamom.

Se você tivesse muito dinheiro, você seria mais humilde do que é hoje?

Se você tivesse muito dinheiro, seria mais solidário do que é hoje?

Se você tivesse muito dinheiro, continuaria tendo paciência com aqueles que não tem?

Se respondeu não para alguma dessa perguntas, não queira prosperidade financeira. Ela poderá destruir a sua prosperidade espiritual!

Casos onde Deus deseja a prosperidade financeira

Sim… o maior interesse de Deus está na sua prosperidade espiritual. Mas não há como negar (excluindo os casos do tópico anterior) Ele também deseja que você prospere financeiramente, afinal é Ele que te capacita para prosperar. Veja:

Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê.
Deuteronômio 8:18

Ao contrário do que muitos pensam, Deus se importa com todas as áreas da vida do ser humano: área espiritual, ministerial, familiar, sentimental, profissional e também financeira. Inclusive este é um dos muitos mitos “bíblicos” sobre o dinheiro que existem.

Deus não é um Deus de pouco. Adão e Eva foram colocados em um belo jardim e receberam o direito de dominar sobre os peixes, aves e sobre todo o animal (Gênesis 1:28). Note o seguinte: eles tinham muito mais do que precisavam, eles não tinham necessidades.

Quero fazer você acreditar que existem casos que Deus deseja a prosperidade dos seus servos. Então, pense comigo…

Deus ordenou que eu e você vistamos, alimentemos e abriguemos os necessitados (Mateus 25:31-46). Me diga: como fazer isso sem condições financeira?

Deus ordenou que eu e você sejamos doadores generosos (Lucas 6:38). Como fazer doações se não tivermos nem mesmo para nos?

Deus ordenou que eu e você cuidemos de nossas famílias (1 Timóteo 5:8). Como cuidaremos se somos nos que precisamos de cuidados?

Percebe? Existem vários mandamentos bíblicos que o dinheiro ajuda a cumprir.

Mas que fique claro: não estou dizendo que você como cristão é obrigado a prosperar. Muito menos que você tem direito de exigir de Deus riqueza. Estou dizendo apenas que Deus deseja que seus servos prosperem financeiramente.

E mais, Deus se alegra na prosperidade dos seus servos. Ele se alegra quando você fecha um bom negócio, quando é promovido, quando bate a meta no trabalho. Não acredita? Veja:

Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O SENHOR seja engrandecido, o qual ama a prosperidade do seu servo.
Salmo 35.27

Prosperidade na Bíblia: conclusão

Independência financeira pra quê

Espero ter sido capaz de mostrar a você que há muito sobre prosperidade na Bíblia, muito mais do que imaginamos. As Sagradas Escrituras dizem que Deus deseja a nossa prosperidade financeira (Deuteronômio 8:18). Diz que é o próprio Deus é quem concede ao homem a prosperidade (1 Crônicas 29:12). E ainda diz que Ele se alegra com a nossa prosperidade (Salmo 35:27).

Diante de tudo isso, é preciso que eu e você saibamos o que realmente a Palavra de Deus revela.

Mas vale resaltar: a prosperidade financeira não é a parte mais importante do evangelho. Deus se interessa muito mais pela sua prosperidade espiritual, afinal, é ela que te dará uma vida de prosperidade plena no céu. Inclusive, vale lembrar: aquele que espera em Cristo só nesta vida, é o mais miseráveis de todos os homens (1 Coríntios 15:19).

Quer saber mais sobre prosperidade financeira na Bíblia? Então dê uma olhada no artigo Como Ser Próspero Financeiramente de acordo com a Bíblia.

Se você deseja se aprofundar no conhecimento da visão bíblica sobre finanças, te convido a conhecer o projeto Liberdade Financeira Cristã.

Neste projeto, eu te mostro como ter como ter mais estabilidade financeira, realizar seus maiores objetivos financeiros, e ainda conquistar a Independência Financeira! Por meio de Ensinamentos Bíblicos.

Caso queira conhecer mais, clique na imagem abaixo:

O maior guia

Forte abraço, fique com Deus e até a próxima.

Fontes:

2 Comentários

  1. Josué Jorge Junior

    Eu não entendo o que acontece comigo. Tenho o temor de Deus, procuro viver em obediência a Ele, escrevo diariamente mensagens bíblicas com comentários no face, as primícias do meu dia são consagradas a Ele. Não vou para a cama antes de pedir a proteção Dele, se não tenho honrado a Ele financeiramente é porque tem faltado em minha mesa. Contas se acumulam, nome e CPF sujos, pressão arterial alterada, esposa e filhos sofrendo da mesma forma. Tenho uma boa aposentadoria, mas não é o suficiente, pois parece que recebo o pagamento num saquitel furado. Pergunto: Onde estou errando? Se procuro seguir os preceitos bíblicos e não prospero? O que devo fazer? Não tenho amor ao dinheiro, não me apego a bens materiais e porque não consigo sair deste deserto? Pode me ajudar, me dê uma resposta. Obrigado!

    Responder
    1. Samuel Vinicius

      Olá Josué.

      Infelizmente muitos cristãos tem passado pela mesma situação que você. Mesmo sendo fieis, sendo dizimistas, ofertantes, muitos vivem com inúmeros problemas financeiros.

      E por que isso acontece?

      Por que nos não conhecemos e não praticamos o que a visão bíblica sobre finanças. Apesar de amarmos a Bíblia, não conhecemos os poderosos ensinamentos bíblicos referente ao trato do dinheiro.

      A Bíblia nos ensina como ganhar, gastar, poupar, investir e como doar.

      Eu cresci em um lar cristão, mas durante boa parte da minha vida não conhecia (e não praticava) o que a Bíblia dizia sobre finanças. Eu entregava meus dízimos e minhas ofertas, mas não sabia gastar com sabedoria, não poupava dinheiro, não sabia investir e não doava.

      Quando aprendi essas coisas a minha vida mudou. A minha vida financeira, profissional e também espiritual, afinal quando conhecemos a visão de Deus sobre finanças, passamos a conhecer mais a Deus.

      Hoje sei administrar meu dinheiro, sei gastá-lo, poupá-lo, investi-lo e doa-lo. Tudo isso aprende por meio da…

      EDUCAÇÃO FINANCEIRA CRISTÃ

      Falo mais sobre isso e conto um pouco da mudança que vivi ao conhecer a Educação Financeira Cristã no vídeo “Descubra a solução bíblica e definitiva para seus problemas financeiros”, dê uma:

      http://liberdade.vamosprosperar.com/a-solucao.php

      Obs.: Ao final deste vídeo ofereço um o curso oficial do Vamos Prosperar, mas não se preocupe em fazer o curso, estou te encaminhando este vídeo pelo fato de que ele responde exatamente o que você me perguntou.

      Espero poder te ajudar Josué.

      Forte abraço e fique na paz de Cristo.
      Qualquer coisa, é só falar.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *